terça-feira, 22 de maio de 2012

Dislalia : a sindrome do Cebolinha



Escolhi falar sobre dislalia ou sindrome do Cebolinha porque até pouco tempo, as gemeas sofriam dessa sindrome, e segundo especialistas essa sindrome é comum até os 5 anos, e como as meninas já tinham feito 6 anos eu me preocupei, apesar de agora o problema ter melhorado e não foi necessário encaminha-las ao especialista. Principalmente a Ana Clara que quando nasceu tinha suspeita de encurtamento do frênulo "lingua presa", visitei alguns médicos mas não foi constatado o problema.
A Dislalia é um disturbio da fala, que caracteriza da dificuldade na articulação dos  fonemas, por exemplo trocar o "R" pelo "L" ou "G", omissão de fonemas, por exemplo "omei" em vez de tomei e tambem acrescimo de fonemas, por exemplo, "atelantico" em vez de atlântico.
O disturbio pode ser causado por problemas fisicos, neurológicos , psicológicos e auditivos, e o tratamento depende de uma boa avaliação do médico, que pode até ser cirúrgico em casos de encurtamento do frênulo "lingua presa".
Nos casos dos problemas de origem psicológica, deve ter atenção redobrada no quesito da criança querer chamar a atenção dos pais, principalmente se trabalham os dois fora, a criança fica imitando a fala de um bebê, achando que terão atenção redobrada dos pais por isso.
Aos 3 anos normalmente a criança já deve estar falando todos os fonemas, mas não há o que se preocupar até os 5 anos, apartir daí a criança deve ser avaliada pelo pediatra e se necessário encaminhada para um fonoaudiologo.
É importante que o problema seja tratado o quando antes, pois o problema pode parecer fofo, mas pode trazer problemas de auto-estima principalmente em crianças com idade escolar, sem contar que pode atrapalhar na escrita e se não tratado, o problema se expande até mesmo na fase adulta.
Cada caso deve ser avaliado com muita cautela, talvez pode não ser nada, como foi o caso das minhas gemeas, mas não custa nada redobrar a atenção na fala dos pequenos.

24 comentários:

  1. Nossa amiga....super informações.....obrigada não sabia disso....bjus

    ResponderExcluir
  2. Bom dia..Muito bom seu post ..tem muitas mães que acham mesmo "fofo" e não tem noção do mal que pode estar por vir.

    ResponderExcluir
  3. Muito bom o seu post Grazi.
    Aqui falamos poucas palavrinhas, mas corretas até agora.
    Vamos observar quando o tagarela começar de verdade.
    bjks

    ResponderExcluir
  4. Post informativo muito legal! Parabéns! bjocas

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Amiga tem um selinho em meu blog para você! beijo http://laurarandrade.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Nossa, muito bacana essa postagem, eu nao conhecia essa sindrome... o bruno ta falando certinho as palavrinhas, mas bem pouquunhas...bjs

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. ótimo post, é sempre bom termos informações e ficarmos atentas para cuidarmos bem dos pequenos..

    Beijos Mi Gobbato
    http://espacodasmamaes.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Amiga tem selinho para vc lá no meu blog

    Beijos Mi Gobbato
    http://espacodasmamaes.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi Grazi, muito bom você falar disso. A minha Sofia precisou da ajuda da fono para essa questão. Rapidamente foi tudo resolvido.
    Beijos
    Chris
    http://inventandocomamamae.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. que post esclarecedor, eu não sabia que poderia ser trocado pelo G não, só pelo L.
    Eu tive que frequentar fono pq trocava o p pelo B e o V pelo F, mas com o tratamento certinho hoje falo certinho,hehehe
    bjs

    ResponderExcluir
  13. Olá linda, passando para retribuir a visitinha no nosso cantinho, bigadinha por nos estar a acompanhar já agora eu e a Ana estamos a acompopanha-la também!!!


    Jinhos meus e da Ana Luíza em ti e nas princesas :)

    ResponderExcluir
  14. Vim retribuir sua visita ao meu blog e também ser sua seguidora.
    Adorei seu blog, pude te conhecer bem sem nunca termos nos visto... vejo que és uma pessoa bem família. Que Deus continue te abençoando!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu estava usando o nothebook da minha filha Mônica e acabei colocando ela como seguidora achando que eu estava conectada. Faça também uma visita ao blog dela (mãe de princesas e mãos de princesa... hehe)
      http://maosdeprincesa.blogspot.com.br

      Excluir
  15. Olá Grazi, vim retribuir sua visita e estou seguindo aqui tb.
    Me parece que vc é bem familiar e presente com sua família.
    Isso é mtu bom e importante, pois família é tdo que temos de valioso nessa vida.
    Beijos e fik com Deus!

    ResponderExcluir
  16. oi querida faço parte do blogueiras unidas, amei seu cantinho, espero sua visita , já estou te seguindo , espero que me siga também: proaiseartedeeducar.blogspot.com.
    Fique com Deus!

    ResponderExcluir
  17. Oi amada,obrigada pela visita.
    Volte sempre.
    Bju

    ResponderExcluir
  18. Olá... obrigada pela visita!!!
    O seu blog é fofo!!! Adorei!!!
    Tbm já estou te seguindo!!
    Bjs
    Cris

    belinhalembrancinhas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  19. Olá, gostaria de lhe fazer um convite, porém, antes preciso tietar um pouco afinal seu site é maravilhoso Parabéns pelo trabalho!
    Seria um imenso prazer tê-lo em nosso site agregador de conteúdos Agrega Pais onde reunimos os melhores blogs direcionados para pais e mães.
    Aguardo você lá, teremos muita satisfação em divulgar seu s links!
    http://www.agregapais.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai ser um prazer, infelizmente não consegui cadastrar o meu blog e nem mandar o link, não sei o que fazer.
      Aguardo retorno.
      Obrigada pelo carinho.
      Grazi

      Excluir
  20. Oi linda adorei o tema abordado ,ficou ótimo o post ,flor seja super bem vinda ao meu cantinho, obg pelo carinho ,e estou super seguindo aqui,tenha uma maravilhosa semana bjus
    http://blogdasonhagleide.blogspot.com

    ResponderExcluir
  21. Adorei querida :)Parabéns pelo tema, o Daniel tem 6 anos e não consegue dizer os L . Beijos

    ResponderExcluir

Adorei a sua visita e ficarei muito feliz com seu comentário.